Tratamento de ar comprimido

É de vital importância para o usuário que o ar comprimido tenha a qualidade correta. Se o ar que contém contaminação entrar em contato com o produto final, os custos de rejeição podem rapidamente se tornar inaceitavelmente elevados e a solução mais barata pode se tornar rapidamente a mais cara. É importante selecionar a qualidade do ar comprimido de acordo com a política de qualidade da empresa e até mesmo tentar julgar os requisitos futuros.

Por que é importante considerar a qualidade do ar?

O ar comprimido pode conter substâncias indesejáveis, por exemplo, água em forma de gota ou vapor, óleo em forma de gota ou aerossol, bem como poeira. Dependendo da área de aplicação do ar comprimido, essas substâncias podem prejudicar os resultados da produção e até mesmo aumentar os custos.

O objetivo do tratamento de ar é produzir a qualidade do ar comprimido especificada pelo consumidor. Quando o papel do ar comprimido em um processo está claramente definido, encontrar o sistema que será mais proveitoso e eficiente nessa situação específica é simples. É uma questão, entre outras, de estabelecer se o ar comprimido entrará em contato direto com o produto ou se, por exemplo, uma névoa de óleo pode ser aceita no ambiente de trabalho. Um método sistemático é necessário para selecionar o equipamento correto.
Precisando de ajuda?